DISCIPLINA POSITIVA

Imagem relacionada

Sabe aquela angústia que tantos pais e adultos passam quando falam: "Eu não sei mais o que fazer com esse menino(a) !!! Ele nunca faz o que eu mando! Não obedece! Não faz nada sozinho! Eu tenho que ficar repetindo mil vezes até ele fazer!" ou então "Na minha época, a gente fazia tudo que os pais mandavam, e ai se não fizesse!" Pois é, pode até ser que funcionava naquela época, mas.....será que hoje, nossa geração é a mesma de antes? O mundo está igual? A mentalidade é a mesma? E, se funcionou naquela época, qual foi o custo emocional disso para os adultos de hoje? Adultos com pouca autoconfiança, com medos e inseguranças, ou com frustrações de uma vida que não foi exatamente aquela que gostariam de ter escolhido, ou então, dependentes de aprovação externa ou de pressão para ter disciplina ou implantar um hábito. 


Resultado de imagem para child discipline
A disciplina Positiva nos ensina a respeitar a criança, porém, de uma forma onde não se corre o risco de perdermos o respeito como adultos, ou seja, sem que os pais percam de vista sua autoridade como pai e mãe, mas pelo contrário, fazendo com que a forma respeitosa de interação entre adulto e criança, seja a melhor forma de incentivar na criança a admiração e motivá-la a colaborar e respeitar os limites adequados à sua idade.

A forma como a disciplina é ensinada aqui, é em um formato que estimula a independência, a autonomia e a maturidade da criança, para que ela passe a agir e tomar decisões sem ter que esperar que alguém mande ou fique no seu pé!

Muitos pais, em razão de aprendizados culturais e familiares, acreditam que se não usarem do autoritarismo, correm o risco de perderem as ''rédeas'' sobre a criança, e a criança se tornar alguém mimado e rebelde, quando na verdade, estão estimulando crianças inseguras e dependentes de aprovação externa. Também existem pais que são o extremo oposto, que ao contrário do autoritarismo, usam e abusam da superproteção e da permissividade, as quais permitem que crianças façam tudo o que querem e tenham escolhas ilimitadas, o que é péssimo para a criança, pois abre o caminho para que ela se torne no futuro, um adulto manipulador e rebelde, que quer que o mundo faça todas as suas vontades. 

Imagem relacionadaNa Disciplina Positiva, busca-se o meio termo, a moderação, ou seja, atitudes onde os adultos sejam firmes e gentis ao mesmo tempo, sem precisar humilhar, ameaçar ou agir de forma agressiva com a criança, mas também, de modo que não se torne manipulado por ela, ao oferecer e permitir tudo que ela queira.

A disciplina Positiva baseia-se no conceito de que disciplina pode ser ensinada com firmeza e gentileza ao mesmo tempo. Ela busca o caminho do meio termo entre o autoritarismo e a permissividade, com ferramentas que visam ajudar os adultos, sejam pais ou professores, a desenvolverem habilidades importantes para a vida da criança, como o senso de cooperação, o respeito aos limites, a autodisciplina, a autoresponsabilidade, e sobretudo, o respeito mútuo, seja entre pais e filhos, seja entre alunos e professores, seja entre adultos e crianças de um modo geral.

Conexão, escolhas limitadas, perguntas ao invés de comandos ou ordens, reuniões de família, foco em soluções e encorajamento são algumas das ferramentas que utilizamos para facilitar e auxiliar pais e professores nesse desafiante processo de educar crianças, de forma a estimular dentro delas, de forma natural e espontânea (e não forçada), a autodisciplina e a autorresponsabilidade, contribuindo para a formação de adultos maduros e confiantes emocionalmente no futuro.

Imagem relacionada

CONHEÇA NOSSOS CURSOS E WORKSHOPS DE DISCIPLINA POSITIVA CLICANDO AQUI EM NOSSA AGENDA!