FOCO – POR QUE É TÃO DIFÍCIL EVITAR DISTRAÇÕES



Esse talvez seja um dos maiores desafios das pessoas na atualidade. Um mundo acelerado, tecnologia ao nosso alcance e de velocidade rápida, redes sociais a todo momento, excesso de trabalho e funções pessoais, sobrecarga de informação, alta competitividade e a tendência de se fazer ou saber um pouco de cada coisa. No entanto, manter o foco ainda é a melhor maneira de fazer as coisas avançarem, e conseguir realizar tarefas bem-feitas. Primeiramente, concentrar-se em um passo de cada vez ainda é o melhor remédio para alcançar objetivos rapidamente. Mudar de atividade o tempo todo torna necessário um tempo a mais para que possamos nos concentrar novamente e retomar o raciocínio.

Eliminar distrações é essencial para a concentração, e uma dica clássica, é se desconectar da tecnologia por algumas horas, pelo menos até terminar a tarefa que está fazendo. Assumir o controle da comunicação que você recebe, desligando notificações do celular ou notebook por um certo período de tempo, é uma forma de manter o foco, e também de impor uma certa disciplina e autonomia de si próprio com relação ao mundo externo. Acalmar a mente e os pensamentos, também é necessário para o descanso mental, e isso pode ser feito de diversas formas, seja por meio de uma pausa, ou de relaxamento. Tomar o controle dos pensamentos e reorganizá-los, é um grande passo para a concentração. 

Outro fator que está ligado ao foco, é o nível de interesse que a pessoa tem pelo assunto ou atividade que está realizando, o quanto aquilo é importante para ela. O nível de relevância, e também, de urgência da atividade, aumentam significativamente a capacidade de se concentrar e colocar toda a atenção em algo. 

Outro ponto interessante é a organização do ambiente em que você está. Por incrível que pareça, isso é fundamental. Ambientes organizados são extremamente importantes para a concentração. Uma mesa com poucos objetos, um quarto arrumado, um escritório com livros e papéis em seus devidos lugares, um ambiente clean, tudo isso minimiza a possibilidade de distrações, além de motivar o trabalho ou estudo, pelo fato de proporcionar um ambiente agradável e harmônico. 

Outro aliado da concentração é a atividade física. A atividade física, como sempre, não pode faltar em praticamente nada do que fazemos hoje em dia. Exercícios físicos aumentam a energia e reduzem o estresse, melhorando o humor, além de influenciar totalmente as funções cerebrais, por meio da oxigenação do cérebro e do próprio relaxamento que a atividade proporciona. 

E por fim, mas não menos importante, estabelecimento de metas. Fazer um passo-a-passo, favorece a organização mental. A velocidade do pensamento humano é extremamente alta e rápida, e quando colocamos em um papel esses pensamentos, conseguimos visualizar melhor nosso planejamento, os passos, bem como lembrar de etapas que foram puladas sem serem percebidas. Estabelecer metas também reduz o estresse, a ansiedade, induz mais tranquilidade, e nos faz visualizar não apenas os objetivos futuros, mas as etapas que já realizamos com sucesso. Além disso, é importante simplificar aquilo que fazemos. Detalhes são importantes, mas, muitas vezes atrapalham, tornando o caminho complicado e demorado. Simplifique para conseguir focar melhor na consecução do objetivo. Faça o mais importante primeiro, e no caminho faça os ajustes que forem necessários.

Sálua Omais é Psicóloga com Mestrado em

Psicologia da Saúde e Saúde Mental, 
Master Coach e Master Trainer em 
Psicologia Positiva, Neurossemântica e PNL





ACESSE MAIS CONTEÚDOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS:





0 comentários:

Postar um comentário